Ppal Hist Rubor

Como nasceu o blush


Ele dá o toque final em todas as maquiagens e deixa nossas bochechas coradas e com um aspecto saudável. Conheça a história do blush e suas diversas texturas, para que você possa escolher seu tipo preferido.

O blush é um dos itens mais importantes da maquiagem, pois dá cor às bochechas, nos deixando mais bonitas. Mas esse hábito não é recente e apareceu há milhares de anos, quando as mulheres já buscavam o mesmo efeito.

Nos primeiros séculos depois de Cristo, nos impérios Grego e Romano, as mulheres usavam diversos tipos de maquiagem, feitas a partir de produtos naturais. Naquela época, a moda eram as peles brancas, com bochechas rosadas e avermelhadas. O carmim era o tom mais popular.

historia-rubor-BR

No século XIII, o vermelho ficou mais suave e o rosa se popularizou na hora de destacar as bochechas. Esse efeito era um sinal de status econômico, por isso, apenas as mulheres ricas usavam o estilo. Anos depois, na França, o tom rosado evoluiu para o vermelho intenso, parecido com o tom usado pelos gregos e romanos séculos antes.

Por volta de 1900, pintar as maçãs do rosto virou moda e as mulheres que não podiam comprar os produtos de maquiagem que começavam a chegar ao mercado, caros na época, davam pequenos beliscões ou aplicavam suco de beterraba nas bochechas para ruborizá-las. As técnicas eram uma espécie de segredo, porque a intenção era que efeito ficasse o mais natural possível, como ocorre atualmente.

02E33732Em 1920, o blush já estava consolidado como parte da maquiagem. Primeiro, o tons rosados eram os mais populares, pintados com movimentos circulares. Por volta de 1950, os tons terra viraram moda, destacando as bochechas. Anos depois, a maquiagem ficou mais suave de modo geral e em 1980 a tendência eram os tons leves e sutis.

Na década de 1990, as cores se diversificaram mais, com tons bronze, pêssego, fúcsia e marrom. Basicamente, cada mulher já podia encontrar a cor ideal para seu tom de pele, em vez de ficar presa à moda do rosa, vermelho ou marrom.

Em 2014, a Avon lançou o Ideal Luminous Blush compacto, que corrige os contornos do rosto e realça a maquiagem de maneira natural.

Qual o seu tipo preferido?

assorted makeup isolatedAtualmente, além de uma grande variedade de cores, há também blushes com distintas texturas. Conheça as diferenças entre cada um, para que você escolha o melhor produto para suas necessidades.

  • Os cremes e mousses são mais suaves e úmidos, indicados para peles secas e épocas de calor. Esses produtos também são recomendados para quem tem mais de 40 anos, já que não deixam resíduos depositados nos primeiros sinais da idade que aparecem no rosto. Aplique com uma esponja de látex e esfume com os dedos.
  • Os blushes em pó duram mais e são ideais para peles oleosas. Para aplicá-los, use um pincel de cabo longo para manipular melhor o produto.
  • Se você esqueceu seu blush em casa, não se preocupe. Você pode usar um batom, aplicando suavemente nas maçãs do rosto, como se estivesse passando um creme. Outra opção é usar uma sombra, como se fosse um blush em pó.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *