Hist Mascara Principal

História: máscara de cílios


Um dos principais aliados da beleza feminina nos ajuda a definir e a intensificar nosso olhar. Conheça a sua história.

 

No século XIX, o perfumista EugèneRimmel inventou a primeira máscara de cílios do mundo. Reza a lenda que foi uma criação para que sua mulher se tornasse a mais bela de todas. No entanto, muito antes, os egípcios já usavam uma fórmula chamada “Kohl”.

Curiosidade: os egípcios foram os primCosmetic brush  isolated on whiteeiros a maquiar os olhos. A prática era relacionada à saúde: eles acreditavam que a intensa radiação solar prejudicava a visão. Então passaram a moer um mineral chamado malaquita para criar uma substância que os protegesse tanto do sol, quanto das moscas de rio, que podiam causar cegueira. Com isso, homens e mulheres passaram a exibir um tom verde em seus olhos, resultado da cor do mineral.

Qual era a fórmula de Kohl? Segundo algumas pesquisas, a substância era uma mistura de chumbo, talco e malaquita, dissolvidos em gordura animal. Com o passar dos anos, a gordura foi substituída por outros aglutinantes, como cera de abelhas e resinas.

Posteriormente, gregos e romanos aperfeiçoaram diferentes técnicas de maquiagem que herdaram dos egípcios. E foi durante o Império Romano que a maquiagem se tornou um hábito quase exclusivo das mulheres. Para as romanas, faziam parte do ideal de beleza olhos grandes, com cílios longos, que quanto mais fortes e abundantes melhor, já que eram símbolos de pureza e castidade. Para conseguir o efeito, elas umedeciam uma espécie de cotonete feito de madeira ou marfim em água ou óleo, e aplicavam nos cílios diversas substâncias como cinzas e antimônio, um derivado do chumbo.

Mas foi necessário esperar até 1913, para que os irmãos Mabel e Williams mudassem radicalmente o produto, que passou a levar carvão e vaselina de petróleo em sua fórmula e a ser aplicado com um pincel úmido levemente passado na máscara. Assim foi criada a marca Maybelline, que passou a vender seus produtos pelos correios.

mascara-br-final

Em 1916, Hollywood começou a influenciar a moda, já que o diretor de cinema americano David W. Griffith criou os primeiros cílios postiços, colocando o olhar no centro da discussão. No entanto, somente em 1930 esses cílios se popularizaram e viveram seu grande auge na década de 1960. Neste meio tempo, em 1933, apareceu o primeiro modelo de curvex, acessório que continuamos usando até os dias de hoje.

Quase no início da década de 1940, foram lançados as máscaras à prova d’água, criados pelo polonês Max Factor para serem usados pelas atrizes de Hollywood. Embora as primeiras fórmulas não fossem muito boas, já que os cílios ficavam colados, atualmente a maioria das máscaras à prova d’água são feitos à base de solvente voláteis e ceras animais, vegetais e minerais, entre outros componentes que tornam o produto resistente à água.

BEAUTY-a0184578 copyEm meados do século passado, precisamente em 1957, a empresária Helena Rubinstein criou o aplicador e, desde então, evolução não parou mais. Mas foi na década de 1960 que a máscara de cílios se tornou um item imprescindível para as mulheres, por causa da popularidade de Twiggy. Todas queriam exibir os olhos grandes e marcantes como os da modelo que marcou época. Desde então, os cílios escuros, longos, curvados, volumosos e bem definidos são uma verdadeira obsessão feminina.

Em 1980, apareceu a primeira máscara incolora, que ajudava a deixar os cílios mais compactos, mantendo sua cor natural. A preferência das mulheres é bem evidente. Inclusive, em 2002 uma pesquisa constatou que mais de 60% delas faziam uso do produto em todo o mundo. Entre as japonesas, ele virou uma obsessão, já que estão sempre buscando uma maneira de conseguir esse “toque ocidental”, indispensável para conseguir cílios e olhos deslumbrantes. As estatísticas do Ministério do Comércio Exterior e da Indústria do Japão comprovam o interesse: em 2011, foram vendidas no país 63 milhões de unidades de máscaras.

Por fim, depois de 50 anos de existência deste produto imprescindível em qualquer estojo de maquiagem, a Avon conseguiu criar um design inédito. O aplicador vertical da máscara Mega Effects se ajusta em 12 ângulos diferentes. Mesmo assim, as pesquisas da empresa continuaram, na busca por melhores técnicas para obter cílios com grande volume, uma necessidade fundamental quando o assunto é beleza. Assim, a Avon chegou a seu lançamento mais recente: a máscara de cílios com uma fórmula exclusiva com colágeno, proteínas e aminoácidos, que – com apenas duas aplicações – aumenta os cílios em seis vezes, deixando- os intactos por até 24 horas. Nos dias de hoje, revolucionar o olhar definitivamente é algo que está ao alcance de suas mãos.

 

BEAUTY-a0184561 copyDicas para cílios perfeitos

María Eugenia La Porta, especialista em maquiagem da Avon Argentina, afirma que as mulheres gostam dos cílios muito longos, definidos, mas sem grumos. Como conseguir isso e chegar ao resultado perfeito? Ela dá as dicas:

  • Misturar dois tipos de máscaras: um para alongar e outro para aumentar o volume
  • Pintar bem a parte superior dos cílios e depois seguir com o resto
  • Aplicar com movimentos de zigue-zague para realçar a parte externa
  • Usar um cotonete para retirar os grumos
  • Aplicar o produto apenas duas vezes para não sobre carregar os olhos e evitar imperfeições

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *